A Importância da Correcção

Agora que começo a ter mais tempo para me dedicar ao blog e para pôr as leituras em dia, tenho procurado ler umas coisinhas sobre o mundo online. À primeira vista, pode parecer que este post não será muito interessante para o mero leitor, mas não fujam já! No final, quero saber a vossa opinião, que são vocês os melhores avaliadores desta matéria.

É que, apesar de estas questões interessarem primariamente a quem tem blogs, quem dá o feedback são os leitores. Eu escrevo, mas também sou leitora, pelo que me parece pertinente expressar a minha opinião sobre os textos que me passam pela vista.

Correcção Ortográfica

Imagem de fonte desconhecida.

Tenho lido muitas coisas sobre optimização de conteúdos, sobre a importância da imagem e tantos outros saberes relevantes (a propósito, se são bloggers e ainda não conhecem, vale a pena dar um salto ao Bloggers Camp), mas poucas menções vejo a algo muito simples e que faz toda a diferença: a correcção ortográfica.

Por muito que os assuntos sejam interessantes, não é feio quando estão minados de erros ortográficos e de sintaxe? O pior é que até nos ditos sites de imprensa profissionais eles aparecem, e muitas vezes poderiam ser evitados se os autores fizessem uso de dicionários (este do link até ajuda a perceber o sentido de algumas palavras parecidas, quando surgem dúvidas).

Eu sei que não sou perfeita e que, de certeza, existem alguns gafanhotos por aqui. Porém, tenham dó! Há limites. E aqui fica um conselho: se dão alguns erros e têm consciência disso, o melhor é mesmo pedir a algum amigo (ou dois!) que leia antes de carregarem no botão “publicar”. Aposto que eles não vão importar-se de ter a honra de ler os vossos artigos em primeira mão e, com certeza, o vosso trabalho terá muito mais qualidade. É garantido!

Tenho ou não tenho razão?

Dia de Luto na Blogosfera

O Boticário Make B Rio 60s

Evento de apresentação da linha Make B Rio 60’s, Junho de 2014. Um dos momentos em que tive o prazer de conviver com a Susana, imediatamente à minha direita na fotografia.

Este é um post que gostava de não saber escrever. Gostava de não ter de lidar com assuntos feios, mas eles existem. Temos de viver com eles e o nosso crescimento pessoal passa, de certa forma, por lidar com adversidades. É muito duro, mas a vida é assim.

Hoje é o Dia Mundial da Luta Contra o Cancro. Irónico, não é? Hoje foi o dia em que uma amiga dos blogs perdeu a luta contra este filho da mãe. A Susana era jovem, tinha uma aura linda, era sorridente, era uma pessoa com quem dava gosto conversar. Desde saber que estava doente até ao triste desfecho, passou pouquíssimo tempo. Mas ela lutou, lutou muito.

A Susana não era uma das pessoas com quem mais me cruzava ou conversava, mas a blogosfera liga-nos. Uma das maiores bênçãos de ter um blog é a quantidade de amigos e pessoas boas que entram nas nossas vidas que, de outra forma, não conheceríamos.

Nunca soube muito bem o que dizer ou fazer perante a doença, mas tenho muita fé e rezei por ela. Fiquei tão contente quando soube que, aparentemente, estava melhor! Nunca me meti no assunto, pois tive algum receio de ser invasiva. Por outro lado, agora que nada mais há a fazer, sinto-me um pouco hipócrita por, finalmente, expressar-me.

Que mais poderia ter feito? Não ser a única a reflectir sobre este assunto e, para já, uma das conclusões a que consegui chegar é que está na altura de, neste mundo dos blogs, sermos mais amigos, mais próximos e olharmos mais uns pelos outros. Que estejamos unidos não só pela dor mas também pelas coisas boas.

Quanto à querida Susana, espero que estejas agora num sítio melhor, desprovido de dor e sofrimento. Deixaste uma boa marca por onde passaste. Foi bom ter-te connosco neste mundo. Até um dia!

Sugestões de S. Valentim #1 – Lush

Fevereiro é, por predefinição, o mês do amor. No próximo dia 14, celebra-se o Dia de São Valentim, também conhecido por Dia dos Namorados. Uma das questões que surge para quem liga a datas comemorativas é o que oferecer.

Tão complicado é para eles como para elas, mas creio que posso dar uma ajudinha a quem pretende oferecer um presente a uma donzela e não sabe para onde se virar. Ontem comecei oferecer um vale de 100€ para gastar numa loja online, podem concorrer neste post. Agora, resta-me sugerir coisas boas e bonitas. Comecemos por vislumbrar as propostas da Lush que chegaram às minhas mãos por estes dias.

Lush São Valentim Valentines

Mesmo que não houvesse uma edição limitada destinada a esta data, seria muito fácil escolher um monte de coisas boas que qualquer namorada (ou namorado, que também há artigos para homem!) gosta com toda a certeza.

Mas, mesmo assim, a Lush decidiu ser especial. De entre vários produtos especiais, destaco os da imagem:

  • A espuma de banho Unicorn Horn, que contém óleo de lavanda e neroli para ajudar a relaxar e melhorar o humor.
  • O gel de duche Prince Charming, que contém sumo de romã, óleo de toranja, raiz de malvaísco, vagens de baunilha e manteiga de cacau. É calmante mas, em simultâneo, dá aquele toque de frescura e limpeza que pretendemos quando tomamos duche, mas sem deixar a pele a repuxar.
  • O esfoliante de lábios The Kiss. Se ainda não conhecem os esfoliantes de lábios da Lush, deviam, porque são milagrosos e… Deliciosos. Ups. Contém sal fino, açúcar, manteiga de cacau, óleo de amêndoa e mandarina, bem como corações comestíveis. É esfregar nos lábios com o dedo e saborear!
  • O bálsamo de lábios The Kiss, com manteiga de karité, óleos de melancia-do-mato e de ilipê orgânico, xarope de agave e jojoba orgânica. Brilho e hidratação com um ligeiro toque de cor.

Vale a pena dizer que muitos dos ingredientes destes produtos são provenientes do Comércio Justo e que todos eles são desprovidos de ingredientes potencialmente perigosos para o organismo. Caso necessitem de mais informações sobre os produtos ou como os encontrar, é só clicar nas imagens abaixo!

Bebé A Caminho – 15 Semanas

Gravidez 15 Semanas

Fotografia tirada às 15 semanas + 4 dias de gestação.

Passaram mais umas semaninhas, e eu tenho mais novidades para vos contar desta aventura que tem sido a gravidez. De repente, estamos no 4º mês. Caso tenham chegado ao blog agora ou queiram relembrar como tem sido este percurso, podem fazê-lo clicando aqui.

À presente data, estou nas 15 semanas + 5 dias. Sim, fiz a eco do primeiro trimestre e houve um novo acerto (que bate mais certo com as contas iniciais). Agora, prevê-se que a ervilha nasça pelo aniversário do avô. Já ouvimos os batimentos cardíacos e, aparentemente, está tudo bem.

Ecografia 1º Trimestre 13 Semanas Gravidez Gestação

Imagem da ecografia do 1º Trimestre, às 13 semanas + 3 dias.

Vejam bem que, na bendita ecografia, foi uma algazarra. A ervilha estava muito irrequieta (eu tinha comido pouco antes!) e demorou a cooperar com o médico. Saímos da consulta a saber que, muito provavelmente, vamos ter uma ervilha menina!

Espero que na próxima ecografia o prognóstico se mantenha, porque até já temos nome escolhido e tudo. E muitas roupinhas e acessórios com detalhes de flores, lacinhos e cor-de-rosa qb.

Quanto a mim, não há nada de muito novo a destacar: não tive grandes alterações ponderais, continuo com muita sede, mas menos sonolenta e agora a fazer menos viagens ao wc. Tenho, sim, grandes oscilações de humor e dores nas costas. A minha pele e couro cabeludo estão mais secos. A barriga continua a crescer. As ancas alargaram visivelmente.

Gravidez 13 Semanas Gestação

Fotografia tirada às 13 semanas + 3 dias de gestação.

Comprar roupa tem sido uma odisseia necessária: as minhas blusas e camisolas ficam quase todas a meio da barriga e, como bem sabem, adoro vestidos cintados e agora é impossível vesti-los. Assim, esta tem sido uma época de saldos muito bem aproveitada. Tenho investido a pensar no tempo quente que se avizinha, mas posso garantir que não comprei roupa de grávida. Depois mostro-vos, mas consiste tudo em peças que poderei continuar a vestir depois do nascimento da ervilha (já agora, o vestido preto é da Springfield e o florido é da Zara. No total, não gastei mais de 25€ com eles).

O tamanho da roupa não ainda não mudou. Por segurança, há peças que compro no tamanho acima, que não fica mal e sempre deixa espaço para o crescimento da barriga. Se for necessário, rapidamente as reduzo um pouco futuramente. O tamanho do calçado, para já, também se mantém. E olhem que eu não me importava de ter pés um nadinha maiores permanentemente…

Gravidez 15 Semanas Gestação

Fotografia tirada às 15 semanas + 4 dias de gestação.

Entretanto, já nesta semana, pintei o cabelo. Teve de ser, que já estava pavoroso. Quanto aos cuidados que tenho tido com a pele, bom… Um dia destes sai post sobre o assunto, que obviamente há cuidados especiais e muita força e muita fé na prevenção de estrias.

Já começou a saga dos workshops pré-natais e no outro fim-de-semana aproveitámos uma iniciativa dedicada aos bebés e crianças promovida pela Well’s do Colombo, onde assistimos a uma sessão sobre a muda da fralda e ficámos a conhecer uma panóplia de produtos bons para a ervilha. Nunca é de mais conhecer informação e seleccioná-la!

Para além disso, e como estamos em época de feiras do bebé, já tenho guardado alguns produtos que vou querer utilizar porque já os conheço bem. Agora, ando a cuscar os melhores modelos de carrinhos, analisando a relação qualidade/preço. Têm alguma dica?

Gravidez Well's

Eu e o L. no workshop de muda da fralda promovido pela Halibut, na Well’s do Colombo.

Passatempo de S. Valentim – Vale 100€ Showroomprive

Love and Hearts Drawing Amor

Imagem de origem desconhecida.

Estamos em Fevereiro e uma das datas mais aguardadas pelos casalinhos pingamores é o Dia de São Valentim. Por isso mesmo, em parceria com o Showroomprive, tenho um vale de 100€ para vos oferecer. Solteiras, comprometidas, eles ou elas… Bem sei que o passatempo termina em cima do acontecimento, mas considerem-no um mimo dado com muito amor e carinho!

Oferta Vale 100€ Showroomprive Passatempo

Para quem tem os seus receios quanto à realização de compras com desconto online, há que salientar que o Showroomprive foi considerado a melhor loja online e comércio electrónico do ano 2015, oferecendo descontos que vão até aos 70% em campanhas de mais de 1300 marcas. Caso restem dúvidas, posso dizer-vos que já fiz várias compras no site e todas elas correram bem, e até partilhei uma delas aqui.

Para participar, é muito simples e não é nada que não se tenha passado já no blog: o vale será atribuído a uma vencedora escolhida aleatoriamente no fim do passatempo. Têm de preencher a caixa abaixo e as entradas obrigatórias consistem em seguir o blog no Facebook e fazer registo no Showroomprive.pt. Também há entradas opcionais, que conferem participações extra, para aumentar a probabilidade de ganhar. Podem participar residentes em Portugal Continental e Ilhas, às 0h do dia 14 de Fevereiro de 2016. Boa sorte!

Passatempo de S. Valentim

Encomenda Dresslink

Compras Dresslink Order

Já partilhei convosco, e quem já passou/está a passar pelo mesmo sabe, que estar grávida tem sido um desafio e pêras no que toca a escolher a indumentária no dia-a-dia: por um lado, há boa parte da nossa roupa que serve; por outro, não sabemos como a devemos vestir porque a outra parte, a que combinava, deixou de servir e temos, invariavelmente, de comprar roupa. Eis que surge outro problema. Queremos que a roupa dure, preferencialmente para depois da gravidez. Para além de a roupa de grávida ser, no geral, mais cara, não é tão versátil.

Decidi que compraria o mínimo indispensável adequado à minha condição. Até agora, comprei umas calças e, dependendo de como estiver no tempo quente, talvez compre uns calções para grávida. No demais, opto por roupa normalíssima, só que em modelos mais elásticos ou folgados, e como tenho visto o caso mal parado quanto ao aumento de peso, procuro não gastar muito dinheiro. Para além de não dar jeito nenhum (porque agora passei a ter mais despesas), tenho certo receio de mais tarde não caber na roupa que visto agora.

Após ver e ler uma série de críticas ao site Dresslink, optei por fazer uma encomenda. Com portes e tudo (com número de rastreio dos correios), não chegou aos $30. Inclusivamente, há uma secção de artigos a $0.01 (vingam-se nos portes) e outra com artigos cujos portes são oferecidos. É tudo barato de mais mesmo para o habitual deste tipo de lojas e outros sites como o Ebay ou Aliexpress e só arrisquei mediante duas observações:

  • Vi fotografias e vídeos, em blogs e canais do Youtube, de algumas peças e pareceram razoáveis;
  • O próprio site, dentro da página de cada artigo, tem uma secção de comentários onde é possível ver a opinião de quem comprou e fotos das respectivas peças. Assim, deu para me guiar nas minhas escolhas.

Dúvidas esclarecidas, tratei de encher o carrinho. Escolhi as cinco peças da imagem acima, sendo que sei que o vestido às riscas pode, na verdade, revelar-se uma camisola/túnica, e mandei vir em duas cores (daí aquela imagem à esquerda). De uma maneira ou de outra, a julgar pelas fotos de quem comprou, todas as peças tinham bom aspecto e, à partida, servir-me-ão mesmo com uma barriga gigante. Para quem se questiona, a maior parte das peças tem uma boa variedade de tamanhos à escolha e, a avaliar pelas fotografias, muitas vezes correspondem aos tamanhos ocidentais.

Assim que a minha encomenda chegar, mostro as peças todas e coloco aqui os respectivos links. Encomendei pela altura do Natal e, ao que parece, não tardará a chegar. Até lá, gostava que alguma de vós pudesse dar feedback: já compraram na Dresslink? A entrega foi rápida? Correu tudo bem? Esta história das compras online vindas do oriente é sempre um mistério.

Limão & Gengibre

Lipton limão e gengibre

Um dos potenciais problemas que surgiram à minha alminha quando descobri que estava grávida foi o limite imediato do consumo de certos chás. E agora? As grávidas não podem beber muito café nem chás com substâncias semelhantes à cafeína! Vi a minha vida a andar para trás porque adoro chá. Tenho um apêndice da mão, sempre, que é uma caneca gigante de chá que nunca fica vazia. O meu preferido é o chá verde que, durante os próximos tempos, está riscado da lista.

É claro que há milhentas opções de chás deliciosos mas, ainda assim, não têm aquele sabor. A camomila e a lúcia-lima têm sido as minhas melhores amigas. Por vezes, apetece-me algo com mais sabor. Adoro chás de gengibre e limão, idealmente preparados em casa na sua totalidade. Contudo, nem sempre é prático.

Existem várias marcas que disponibilizam saquetas de chá de limão e gengibre, mas tenho verificado que são caras para a qualidade apresentada. Recentemente, descobri que a Lipton também já tem esta variedade e estou muuuito satisfeita, deliciada com o belo néctar. O melhor é que o gengibre ajuda a eliminar certas sensações de enjoo, que embora não me incomodem muito nesta fase, por vezes surgem. Suaves, mas existem.

Sim, há restrições ao consumo deste chá, já que tem chicória na composição. Com moderação, sempre dá para tirar o gostinho. No geral, não fará mal a ninguém (mas convém sempre informarem-se caso tenham alguma patologia ou tomem medicação). Adoro gengibre e adoro limão, e já tardava em encontrar uma opção de preparação rápida acessível e saborosa. Bravo, Lipton!

Vamos fazer as malas?

Ultimamente, entre os actos sistemáticos de fazer e desfazer malas, arrumar e desarrumar coisas de que necessito no dia-a-dia, em minha casa ou noutras, dei por mim a matutar na arrumação para viagens. Estou habituada a ser um caracol humano, o que daqui para a frente será impraticável. As minhas costas não gostam e em breve passarei a ter de me preocupar com roupinhas que não são para mim, fraldas e cremes, já para não contar com o carrinho que também conta como bagagem.

As malas de viagem que tenho também não são muito amigáveis (passar um fim-de-semana fora já chega a ser uma odisseia!), é o eterno drama. Não têm rodinhas e também não acomodam devidamente o conteúdo, porque até aqui dei preferência a malas molengonas, do mais simples que há, para nem sequer ter chatices quando viajo noutros meios de transporte que não o automóvel. Quem é que quer saber de malas feias e moles? Ninguém. Assim, também não desaparecem nem são bisbilhotadas por mãos alheias – pensa o meu lado paranóico.

Tenho feito olhinhos a malas mais consistentes, trolleys, como as da imagem (que, aliás, são da marca da minha mala de fim-de-semana, que já é bem velhota e ainda resiste a todas as intempéries), mas tenho as minhas reticências. Vale a pena o gasto? A minha mala, apesar de resistência, não oferece o maiooor nem o melhor espaço de arrumação do mundo. Adquiro modelos mais rijos, plastificados, ou forrados a tecido? De que tamanho? Devo optar pelas que têm aspecto mais simples ou posso escolher as coloridas, como gosto, sem correr o risco de desaparecerem? Sugerem outras marcas? Por favor, contem-me tudo!

Bebé A Caminho – 11 Semanas

Gravidez 11 semanas Baby bump 11 weeks

Tenho coisas novas para contar sobre a minha ervilha. Muitas! Antes de mais, por que é que saltei das 8 semanas para as 11? É simples: não tinha ocorrido nenhuma mudança assim tão significativa que justificasse um post.

Até agora, mantive-me no registo do costume e não tive enjoos. Registam-se, apenas, alguns momentos de certo desinteresse pela comida, mas no geral até tenho bastante apetite. Não consigo comer tanto de cada vez, nem como por dois, e tenho escolhido melhor o que como. Tomei medidas drásticas! Tive um aumento ponderal de quase 4kg e estou a ficar paranóica com esta questão (obrigada, senhor enfermeiro da consulta).

Foi-me feito todo um alarido por causa do aumento de peso, que mesmo sabendo que não devo matutar muito no assunto… Assim fiquei, que a mente é traiçoeira. Pelo andar da carruagem, hei-de explodir antes das 40 semanas. As pernas mostram-se algo inchadas (e dolorosas ao toque!). As costas começam a doer. Continuo com muita sede e muito sono. Canso-me com mais facilidade e, por vezes, parece que fico sem fôlego. A barriga está, como vêem, ainda maior. O mesmo acontece com o peito.

11semanas2blog

Rendi-me às evidências e abasteci-me de roupa interior mais adequada (e sinto-me uma velhota com tudo em algodãozinho feioso) e comprei umas calças (logo mostro) que espero que cheguem até ao fim do tempo de gestação. Parecendo que não, estas adaptações ajudam a promover o conforto e, consequentemente, também melhoram a autoestima.

Falando na aparência, deparei-me com um problema: a pintura do cabelo. Já começa a ser bem visível a raiz e surgiram dúvidas quanto à segurança da utilização de colorações. À partida, este tipo de produtos cosméticos é seguro para poder ser comercializado, não devendo ter componentes passíveis de serem absorvidos pelo organismo. Pelo sim, pelo não, prefiro esperar pelo final do primeiro trimestre.

Ecografia 11 Semanas 11 Week Ultrasound

No finalzinho de 2015, às 10 semanas, fiz a ecografia do rastreio.  Foi feito um ligeiríssimo acerto de datas. Só deu para olhar de relance para a minha ervilhinha linda e fiquei triste por não ouvir os batimentos cardíacos, já que a médica que me atendeu fez tudo muito rapidamente. Não se apresentou, tampouco se despediu e espero não ser acompanhada por ela nas próximas ecografias. A próxima é daqui a poucas semanas.

Agora sim, sei do incómodo que é ter toda a gente a dar palpites sobre o que não sabe e a agoirar porque aconteceu algo de mau à vizinha da dia da prima da avó do gato do cão durante a sua gravidez, cuidado!. E bem começo a sentir a pressão e a ansiedade de saber qual é o sexo do bebé para começar a organizar a sua chegada.

Estou um pouco assustada com o que aí vem porque, sem dar por nada, já passou 1/4 do tempo que dura a aventura da gestação. Ó tempo, passa mais devagar!

Do Ano Velho e do Ano Novo

Playmobil Reyes

Pacote Playmobil alusivo aos Reis Magos

Está a chegar ao fim o Dia dos Reis e, consequentemente, está mais que na hora de pôr fim ao ócio blogosférico. A verdade é que tenho certa aversão a grandes mudanças e transições. Tem de ser tudo feito com calma, porque as novidades são muitas ultimamente e ainda não consegui assimilá-las todas. O bom disto é que, a partir de agora, tenho muito mais tempo para dedicar ao blog e irei fazê-lo. Porque quero e porque tem de ser, com muita honra!

Ainda venho a tempo de falar do Natal e da passagem para o novo ano? Sei que sim. Sou tão ou mais cusca que vocês que por aqui passam para ler o que escrevo. Adoro saber o que as pessoas recebem nos anos e no Natal, bem como os seus objectivos globais e reflexões. Não devo ser a única, e parece-me mais que justo partilhar convosco um bocadinho do que é meu.

Começando pela ordem natural dos eventos, há que regredir ao Natal. Fiquei surpreendida por ter recebido presentes para moi même. Amigos e família, vocês são fantásticos! Como vem aí um bebé e, em simultâneo, há as mudanças, pensei que os (poucos) presentes que viessem não seriam para mim. É claro que recebi muitas coisas boas para apetrechar a casa e para o enxoval da ervilha (que, a avaliar pela minha barriga, deve ser uma melancia), mas também fui muito mimada. E adorei tudo, tudo, tudo!

Para além do dinheirinho habitual, que dá muito jeito, recebi cosméticos de toda a espécie, roupa e acessórios. A ervilhinha teve direito a uma manta bem gira, muitas roupinhas, um saco de pano muito giro e um peluche em forma de elefante (tinha de ser). Para a casa, apesar de já termos quase todos os apetrechos de cozinha, ganhei um serviço de talheres de uso quotidiano, uma chaleira de assobio (sim, dou-lhe uso e considero-a essencial, chamem-me velhota se quiserem!), um serviço de café e um tabuleiro, ambos de uma colecção que já tínha visto e adorado. Também recebi velas giríssimas. Resumindo e concluindo: não vejo o chão ao meu quarto, que começa a ficar apinhado de caixas com tralhedo de toda a espécie. Foi um óptimo Natal no seu verdadeiro sentido e encheram-me de mimos.

2016 Page 1 of 366

Imagem de fonte desconhecida.

Seguindo com a procissão, passemos aos clichés da transição do ano do calendário. 2015 foi uma montanha russa autêntica e 2016 há-de passar-se no mesmo modo. Trocando por miúdos, vai ser muito bom e espero estar à altura de todos os desafios.

O ano que começou há uns dias vai ter de ser o ano em que cresço e me transformo numa pessoa muuuito disciplinada. Vai ser duro, mas não estou sozinha.

  • Vou adoptar hábitos mais saudáveis, a sério. Já comecei há algum tempo, agora vai ser com rigor. Tenho de estabelecer boas rotinas de sono e comer convenientemente (em quantidade e qualidade).
  • Vou ter de gerir a casa de forma a ter sempre tudo organizado e não deixar faltar nada.
  • Não vou estoirar dinheiro em coisas supérfluas. Vou poupar tudo o que puder.
  • Vou cuidar de mim, da ervilha e da família.
  • Vou dedicar-me aos meus projectos pessoais, aqueles que vão sendo magicados e rascunhados ao longo dos anos nos cadernos.
  • Vou fazer por ter sempre o blog em dia.

É simples e é isto. Espero estar sempre por aqui para partilhar convosco as minhas peripécias, e que vocês continuem a acompanhar-me. Feliz 2016!

1 2 3 135